fbpx

Sabe porque é usual encontrar andorinhas nos lares portugueses?

Sabe porque é usual encontrar andorinhas nos lares portugueses?

Certamente já encontrou várias vezes andorinhas, de cerâmica, penduradas nas paredes, quer tenha sido em casa de alguém conhecido ou até numa loja ou restaurantes em que já tenha passado.
Grandes ou pequenas, de cores e feitios variados, estas têm um significado bastante especial para os portugueses e nós vamos explicar-lhe o porquê.

As andorinhas, são aves migratórias, que indicam a chegada da primavera, o que é sinónimo, já diziam os antigos, da chegada da época dos namoros. Estas aves, tão especiais, têm uma característica que as diferencia. Voltam, quase sempre, ao mesmo local onde já anteriormente fizeram o ninho e têm um único parceiro ao longo da sua via! Por isto, se tornaram num símbolo de Amor, Família, Fidelidade, Lar e Lealdade.

O famoso artesão português, Bordallo Pinheiro, foi o primeiro a produzir as andorinhas de cerâmica, em 1881.
Por se terem tornado num símbolo tão importante, depressa se tornou habitual a sua troca entre casais profundamente apaixonados. Um ato de amor, doce e delicado, nos tempos em que as demonstrações de afeto não eram tão visíveis como são nos dias de hoje. São, também, significado de harmonia e felicidade nos lares onde estas se encontram penduradas.

Existe, ainda, outra analogia, que já vem desde há vários anos, que pode ser feita entre estas magníficas aves e o povo português. Povo conhecido por ser aventureiro, que deixou a sua casa, para partir à descoberta de “novos mundos”, mas que no final acabava por voltar ao seu lar. Tal como a andorinha, apesar de ser uma ave migratória, que explora todos os recantos do mundo, uma vez por ano, volta sempre ao seu ninho original.

Agora que já ficou a saber o significado das andorinhas de cerâmica, porque não presentear aquela pessoa tão especial com uma. Passe na nossa loja e escolha qual das nossas andorinhas quer oferecer. Tem muitas por onde escolher e que vão, com certeza, alegrar quem as receber.

Share this post

Comments (6)

  • Daniela Reply

    Boa tarde, a data de 1981 não está correcta, a data correcta é 1881.Bordalo Pinheiro criou as andorinhas em 1881, eram a preto e branco. Foi com certeza um lapso, mas que vai induzir em erro muita gente.

    Junho 12, 2020 at 2:55 pm
    • Zeca Reply

      Obrigada pelo alerta.
      Está rectificado.

      Julho 2, 2020 at 11:03 am
  • Meirisangela Francisco dos Santos Reply

    Amei a história.
    Sou brasileira, mas sonho viver em Portugal.
    Desde já vou adotar esse costume em minha moradia.

    Junho 21, 2020 at 12:01 pm
  • Mafalda Reply

    Muito interessante 😉 obrigada pela partilha

    Junho 24, 2020 at 8:38 pm
  • Antonio Ramos Reply

    Muito interessante, mas a certa altura diz “O famoso artesão português, Bordallo Pinheiro, foi o primeiro a produzir as andorinhas de cerâmica, em 1981.” Não será 1891? É que em 1981 já o pintor tinha morrido há muito tempo..

    Junho 26, 2020 at 7:12 pm
    • Zeca Reply

      Obrigada pelo alerta António,
      está rectificado.

      Julho 2, 2020 at 11:03 am

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *